quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

COACHING - o sonho do poder realizado



Coaching é um processo onde o foco é ajudar as pessoas a avançar em relação às suas metas mais importantes, realizar seus objetivos e obter mais qualidade de vida pessoal e profissional

Muitas vezes as pessoas querem mudar suas crenças, sem que saibam as bases de fato das quais elas se originaram.

A escala de valores de alguns é proporcionalmente inversa à escala de valores de outros.

Nas empresas cada vez mais discute-se a missão da mesma, quando as pessoas nunca pararam para que pudessem refletir sua própria missão.

Estresse não é mais sinal de que as pessoas são preocupadas, ocupadas ou comprometidas com a empresa, mas sim o reflexo do desequilíbrio pessoal e organizacional, porque é “esquisito” que as pessoas parem para refletir e meditar. E quando falamos de meditação, sugere-se incluir atividades meditativas no seu dia-a-dia, desvinculado de religião, prestando mais atenção à sua volta, falando menos, escutando mais.

Podemos atingir os 100 anos sim, bebendo e comendo um pouco de tudo, como diz um grande sábio – “coma, mas pare quando perceber que poderia comer mais um pouco”.

O processo de coaching é um caminho à percorrer e com opções diversas.

A era do conhecimento nos brinda com o descobrimento da alma. Podemos brincar e falar de uma forma seria ao mesmo tempo. Podemos também acessar a Internet e participar de um ritual da lua cheia idolatrando a mãe natureza.

Podemos incluir nas nossas práticas diárias análise de relatórios financeiros, sem perder a leveza do espírito, resgatando a beleza interior.

Os jovens e os que já passaram um pouquinho desse início de juventude buscam formulas mágicas da definição profissional ou redefinição profissional, quando o processo todo envolve  definição de metas, inspirando-se no seu eu criativo e aberto a conviver com as adversidades.

As pessoas correm contra o tempo, o mundo não tem mais tempo. Todos buscam uma melhor performance pessoal e profissional. Queremos ser bem sucedidos em todas as áreas da nossa vida e a que não estiver equilibrada, devemos trabalhar para atingir um nível de satisfação adequado. Esse é o link do coaching. Foco o tempo todo.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Como acabar com a procrastinação hoje 6 dicas fundamentais


A procrastinação é uma maneira fácil que todos nós temos de ficar presos. E, muitas vezes, nem percebemos que estamos fazendo isso. Inconscientemente criamos motivos em nossas cabeças que nos fornecem lógica suficiente para que possamos adiar a tarefa em mãos.

Procrastinamos porque?
Não sabemos fazer - Não sabemos fazer – Neste caso, procure ajuda. Mas não demore. Você pode pedir ajuda do seu chefe ao Google. Nesse intervalo alguém vai poder te ajudar! Garanto que seu chefe vai preferir lhe ajudar a pedir o trabalho e este não estar feito.

Fuja da armadilha que só você pode fazer algo, que você tem obrigação de saber tudo, que você corre o risco de perder o emprego se precisar de ajuda! Pelo contrário, as pessoas se sentem honradas em poder ajudar alguém. Seja humilde o suficiente para tomar este tipo de atitude! Você vai parecer ainda mais legal

Não gostamos de fazer - Muito, muito, muito comum! Não gostamos de fazer muitas coisas no nosso dia-a-dia. A boa notícia é que não precisamos fazer tudo aquilo que não gostamos. O gostar de fazer ou não gostar de fazer algo, tem muito haver com nosso tipo de personalidade. Por isso eu te dou uma dica: na hora de escolher sua secretária ou formar sua equipe, tenha sempre pessoas que sejam diferentes de você, daí você poderá ter um complemento perfeito e poderá delegar aquilo que você não gosta.

Por exemplo: sou uma pessoa de personalidade extrovertida e por isso não me atenho em detalhes. Minha maior sacada foi ter como secretária uma pessoa com personalidade analítica, pois assim ela cuida de todos os meus deslizes. Claro que outras dificuldades podem ocorrer neste interação, mas a situação perfeita só nós podemos construir.


1. Faça uma lista de ações
Faça uma lista incluindo apenas os itens que você está evitando, e não aqueles que você sabe que vai fazer de qualquer maneira. Em seguida, defina prazos.

2. Quebre a tarefa em etapas
Dessa forma você não vai ter a sensação de estar sobrecarregado . Uma vez que você comece a desfrutar de uma pequena realização, é mais provável você ter gosto de terminar.

3. Elimine a tentação de fazer outra coisa
Se você sabe que alguns programas te sugam a atenção, não ligue-os até que termine sua tarefa.

4. Barganhe com você mesmo.
Se você terminar o plano de negócios agora, você pode ir ao cinema mais tarde.

5. Foco
Foco no sucesso que você vai conseguir e a alegria que você vai sentir ao concluir a tarefa.

6. Seja exigente consigo mesmo!
Crie um castigo para sua incapacidade de concluir determinada tarefa. 

Sorteio de Bolsas!!!! Aproveite e dê uma guinada na sua vida pessoal e profissional.


segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

5 Estratégias para aliviar a ansiedade


5 ESTRATÉGIAS PARA ALIVIAR A ANSIEDADE

A ansiedade está na grande maioria das vezes relacionada com preocupação. A ansiedade materializa-se numa ocupação antecipatória dos recursos da mente sobre algo que acontecerá ou que se receia que aconteça no futuro. No entanto a preocupação pode ser útil quando nos leva a agir e a resolver um problema. Mas se você está preocupado com cenários hipotéticos ou cenários catastróficos, a preocupação torna-se um problema sério. Dúvidas e medos irracionais são paralisantes, desmotivantes e não-produtivos. A ansiedade e consequentemente a preocupação exagerada sugam a sua energia emocional, aumentam os níveis de tensão, e interferem com o seu dia-a-dia, tudo isso sem nenhum retorno positivo. A boa notícia é que o terrível hábito da preocupação crônica é um processamento mental que você pode aprender a diminuir e até mesmo a superar. Você pode treinar a sua mente de forma a ficar mais calmo e controlado, permitindo que olhe a vida sob uma perspectiva mais positiva.

Uma vez accionada a ansiedade, a preocupação segue-se, é como que um subproduto do processamento ansioso da informação. Consequentemente geram-se sentimentos mistos sobre as suas preocupações. As suas preocupações começam a incomodá-lo, passando a manifestar-se de forma sintomática, prejudicando o sono, a concentração, a alimentação, o humor e aumentando os pensamentos de cariz pessimista e catastrófico.

Mas, afortunadamente existem algumas formas de processamento de informação que justificam essas preocupações . Por exemplo, quando você pensa:

Talvez eu encontre uma solução.
Eu não quero esquecer nada.
Se eu ficar pensando um pouco mais, talvez eu possa resolver a situação.
Eu não quero ser surpreendido.
Eu quero ser responsável.
Todos nós temos uma tendência natural para a preocupação, por isso torna-se difícil desenraizarmos este hábito, porque em certo sentido, as nossas preocupações têm vindo a servir-nos.

PREOCUPAÇÃO E ANSIEDADE – DICA 1: ACEITE A INCERTEZA

A incapacidade de tolerar a incerteza desempenha um papel central no aumento da ansiedade e preocupação. As pessoas que sofrem de preocupação crônica têm um impulso enorme para o esclarecimento de todas as suas dúvida e imprevisibilidade. Elas precisam saber com 100% de certeza o que vai acontecer. Preocupar-se é visto como uma maneira de prever o que o futuro lhes reserva, uma forma de evitar surpresas desagradáveis e controlar os resultados. O problema é que esta estratégia de querer saber o que vai acontecer no futuro e/ou certificar-se que as coisas temidas não irão acontecer, simplesmente não funciona.

Pensando em tudo o que podia dar errado, não torna a vida mais previsível. Você pode sentir-se mais seguro accionando a sua tendência mental para a preocupação, mas é apenas uma ilusão. Focalizando os piores cenários não vai certamente impedir que algumas coisas ruins aconteçam. Apenas irá impedir que você aproveite e goze as coisas boas que tem no momento presente. Então se você quer parar de se preocupar e pretende aliviar a ansiedade, comece por resolver a sua necessidade de segurança e respostas imediatas.

Desafiar a intolerância de incerteza: A chave para o alívio da ansiedade

Pergunte a si mesmo as seguintes perguntas e anote as suas respostas. Veja se você consegue chegar a um entendimento das desvantagens e problemas de ser intolerante com a incerteza.

É possível ter certeza sobre tudo na vida?
Quais são as vantagens de querer ter a certeza de todas as coisas, versus as desvantagens? Ou, como é que a necessidade de ter a certeza é algo útil ou prejudicial na vida?
Você tende a prever que algumas coisas ruins possam acontecer apenas porque são incertas? Isso é uma coisa razoável a fazer? Qual é a probabilidade de resultados positivos ou neutros acontecerem?
É possível viver com uma chance pequena de que algo de negativo pode acontecer, dado que o seu risco é muito baixo?

PREOCUPAÇÃO E ANSIEDADE – DICA 2: CRIE UM PERÍODO PARA A PREOCUPAÇÃO

É difícil ser produtivo e funcional na sua vida diária, quando a ansiedade e a preocupação dominam os seus pensamentos. Simplesmente tentar parar de se preocupar não funciona, pelo menos não por muito tempo. Você pode distrair-se por um momento (o que momentaneamente pode ser benéfico), mas você não pode banir os seus pensamentos ansiosos. Tentar fazer isso muitas vezes torna-os mais fortes e mais incisivos. Mas isso não significa que não existe nada que você possa fazer para diminuir ou superar a sua preocupação. Você precisa de aplicar uma abordagem diferente. Ao invés de tentar suprimir totalmente um pensamento ansioso, uma estratégia que se tem mostrado eficaz é desenvolver o hábito de adiar a preocupação.

Aprenda a adiar a preocupação:

Criar um “período para a sua preocupação“. Escolha um horário definido e um lugar para se preocupar. Deve ser o mesmo todos os dias (por exemplo, na sala de estar entre 17:00 – 17:20), tente que seja suficientemente distante da hora de ir dormir para que a ansiedade não lhe prejudique o sono. Durante o seu período de preocupação, você está autorizado a preocupar-se com o que lhe atormenta a mente. O resto do dia, porém, é uma zona livre de preocupações.
Adiar a sua preocupação. Se um pensamento ansioso ou preocupação emergir na sua mente durante o dia, faça uma breve nota num bloco de papel e adie o processamento de informação para o seu período de preocupação. Lembre-se que você vai ter tempo para pensar nisso mais tarde, então não há necessidade de se preocupar com isso agora. Guarde-a para mais tarde e continue com as suas atividades.
Verifique a sua “lista de preocupações“, durante o período para se preocupar. Reflita sobre as preocupações que você escreveu no bloco de papel durante o dia. Se os pensamentos ainda o estão a incomodar, permita preocupar-se com eles, mas apenas para a quantidade de tempo que você especificou para o período de se preocupar. Com esta estratégia provavelmente as suas preocupações não lhe irão parecer mais importantes, desta forma pode reduzir ou eliminar o seu período para a sua preocupação e aproveitar o resto do seu dia.
A reter: Adiar a preocupação é eficaz porque permite quebrar o hábito de se deter sobre as preocupações no momento presente. Assim que você desenvolva a capacidade de adiar os seus pensamentos ansiosos, você vai experimentar um maior alívio da ansiedade, da preocupação e aumentar a sensação de controlo.

PREOCUPAÇÃO E ANSIEDADE – DICA 3: DESAFIE OS PENSAMENTOS NEGATIVOS

Se você sofre de ansiedade e preocupações crônicas , é provável que você olhe para o mundo de maneiras que parecem torná-lo mais perigoso do que realmente é. Por exemplo, você pode superestimar a possibilidade de que as coisas vão sair mal, saltar imediatamente para cenários catastróficos, ou tratar cada pensamento negativo, como se fosse um facto real. Você também pode desacreditar a sua própria capacidade para lidar com os problemas da vida, assumindo que tudo irá correr mal ao primeiro sinal de dificuldade. Estes pensamento irracionais e atitudes pessimistas são conhecidas como distorções cognitivas.

Apesar das distorções cognitivas não serem baseadas na realidade, torna-se difícil para a pessoa contrapor e eliminar este tipo de raciocínio. Muitas vezes, estas distorções são parte de um padrão de pensamento que tem usado ao longo da vida, tornou-se tão automático que nem sequer está totalmente consciente disso. A fim de quebrar esses hábitos de pensamento destrutivo e distorcido e parar a preocupação e ansiedade que eles originam, você deve ganhar motivação para treinar a sua mente com novas formas de raciocínio, instituindo um pensamento positivo e adequado.

Comece por identificar o pensamento perturbador, sendo o mais detalhado possível sobre o que o assusta ou preocupa. Então, ao invés de ver os seus pensamentos como factos, olhe para eles como hipóteses que você está testando no sentido de verificar se vão ao encontro daquilo que quer para si e lhe serve. Ao examinar e desafiar os seus medos e preocupações, você vai desenvolver uma perspectiva mais equilibrada, vai desenvolver equilíbrio emocional.

Pare de se preocupar, questionando o pensamento que o preocupa:

Qual é a evidência de que o pensamento é verdadeiro? Isso não é verdade?
Existe uma forma mais positiva, realista de encarar a situação?
Qual é a probabilidade de que o que eu tenho medo realmente aconteça?
Se a probabilidade é baixa, quais serão alguns dos resultados mais prováveis?
É o pensamento útil? Como é que preocupar-me com isso me ajudará ou me prejudicará?
O que eu diria a um amigo que tenha esta preocupação?
Distorções cognitivas que conduzem à ansiedade e preocupação:

Pensamentos de tudo ou nada. Você olha para as coisas pensando de forma categórica e absolutista, como se as coisas tivessem de ser preto ou branco, sem meio termo.” Se eu ficar aquém da perfeição, eu sou um fracasso total”.
Hiper generalização. Você faz generalizações a partir de uma única experiência negativa, esperando que ela se mantenha sempre verdadeira.”Eu não serei contratado para o trabalho;. Eu nunca vou conseguir qualquer emprego”. O filtro mental focaliza apenas os aspectos negativos, enquanto omite todos os aspectos positivos. Percebendo a única coisa que correu mal, ao invés de todas as coisas que deram certo.
Desvalorização do que é positivo. Não dá atenção às coisas boas que lhe acontecem. “Eu estive bem na apresentação, mas isso foi apenas pura sorte.”)
Tirar conclusões precipitadas e fazer interpretações negativas, sem provas concretas. Você age como alguém que acredita ser capaz de ler a mente dos outros. “Eu sei que aquela pessoa me odeia.”) Ou como se fosse um cartomante. “Só sei que algo terrível está para acontecer.”
Pensamentos catastróficos. Espera o pior cenário possível de acontecer. “O piloto disse que estamos num buraco de turbulência. O avião vai cair!”.
Raciocínio emocional. Acreditando que a maneira que você sente reflete a realidade. “Eu sinto medo agora. Isso deve significar que estou em perigo físico real.”
Regras rígidas do tipo: “Eu tenho de…” ou “Eu nunca posso…”. Munindo-se de uma lista rigorosa do que você deve e não deve fazer, punindo-se a si mesmo se quebrar alguma das regras.
Rotulagem. Rotular-se com base em erros e deficiências percebidas. “Eu sou um fracasso, um idiota, um perdedor”.
Personalização. Assumindo a responsabilidade (inflação da responsabilidade) por coisas que estão fora de seu controlo. “O meu filho teve um acidente, a culpa é minha. Devia ter avisado para ele dirigir com cuidado quando chove”.
PREOCUPAÇÃO E ANSIEDADE – DICA 4: APRENDA A RELAXAR

A ansiedade é mais do que apenas um sentimento. A ansiedade comporta uma resposta que se faz sentir no corpo físico, emitindo uma reação de “lutar ou fugir” a uma ameaça percebida. O seu coração bate mas forte, você respira mais rápido, os seus músculos ficam tensos, e em algumas situações por ter uma sensação de “tontura”. Quando você está relaxado, o contrário acontece. A sua frequência cardíaca diminui, você respirar de forma mais lenta e profunda, os músculos relaxam, e acsua pressão arterial estabilize-se. Desde modo, algo de extraordinário acontece para a diminuição da ansiedade, é impossível estar-se ansioso e relaxado ao mesmo tempo. E isto é tremendamente capacitador, é uma estratégia muito poderosa que pode ser utilizada em situações de extrema ansiedade. O relaxamento é uma tática poderosa para o alívio da ansiedade.

Se você é uma pessoa que sofre de preocupação crónica, as técnicas de relaxamento, como relaxamento muscular progressivo, respiração profunda e meditação podem ensiná-lo a relaxar. A chave é a prática regular. Tente reservar pelo menos 20 minutos por dia. Com o tempo, a resposta de relaxamento será mais fácil, até que ela possa instituir-se como uma técnica efetiva ao seu dispor para regular os seus estado de ansiedade para níveis funcionais e adequados a diferentes situações de vida.

Algumas técnicas de relaxamento úteis:

O relaxamento muscular progressivo. Quando a ansiedade toma conta de si, o relaxamento muscular progressivo pode ajudá-lo a libertar a tensão muscular e reduzir ou afastar as suas preocupações. A técnica envolve sistematicamente contrair e, em seguida, descontrair os grupos musculares diferentes no seu corpo. Como o corpo relaxa, a sua mente irá focar-se nessa sensação de bem-estar e automaticamente abandonar os pensamentos ansiogénicos.
A respiração profunda. Quando você está ansioso, respira mais rápido. Essa hiperventilação provoca sintomas como tontura, falta de ar, rigidez, formigueiro nas mãos e pés. Estes sintomas físicos são assustadores, levando a mais ansiedade e pânico. Mas ao respirar profundamente pelo diafragma, você pode reverter esses sintomas e acalmar-se.
Meditação. Muitos tipos de meditação provaram ser eficazes para reduzir a ansiedade. A meditação mindfulness, em particular, mostra-se como uma técnica muito útil para o alívio da ansiedade. Pesquisas mostram que a meditação mindfulness pode realmente mudar alguns estados do seu cérebro. Com a prática regular, a meditação aumenta a sensação de serenidade e alegria.

PREOCUPAÇÃO E ANSIEDADE – DICA 5: CUIDE DE SI MESMO

Um estilo de vida saudável e equilibrada desempenha um grande papel na manutenção da ansiedade, medos e preocupações a níveis funcionais e adequados.

Apresento a seguir uma série de maneiras que pode utilizar para aliviar a ansiedade e preocupação, cuidando de si mesmo:

Procure suporte em amigos, familiares ou ajuda profissional. A ansiedade e preocupação pioram quando você se sente impotente e sozinho. Empenhe-se em construir um forte sistema de apoio. Quanto mais você estiver ligado a outras pessoas, menos vulnerável você vai sentir-se. Se você começar a sentir-se oprimido com a preocupação, ligue para um familiar ou amigo de confiança. Fale-lhe sobre as suas preocupações, desabafar pode fazer com que os seus problemas pareçam menos ameaçadores.
Adote hábitos alimentares saudáveis. Comece bem o seu dia tomando o pequeno almoço, e continue com pequenas refeições frequentes ao longo do dia. Ficar muito tempo sem comer leva à redução dos níveis de açúcar no sangue, o que pode fazer você sentir-se ansioso e irritado. Coma hidratos de carbono, como arroz integral, frutas e legumes.
Pratique atividades de lazer. Procure praticar atividades que lhe tragam satisfação, alegria e o relaxem. Faça atividades que lhe permitam ficar envolvido e emerso, que lhe façam perder a noção de tempo.
Pratique exercício Físico. Faça algum tipo de atividade física, de preferência de cariz aeróbico, como caminhadas, corridas de baixa intensidade, ou algum tipo de jogo colectivo.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Alavanque sua carreira por meio do coaching


Com a ascensão e a competitividade cada vez maior do mercado de trabalho, se sobressair nesse meio tem sido uma tarefa cada vez mais difícil.
Muitos profissionais, depois de alcançar sucesso e certa estabilidade em suas carreiras, se acomodam, estagnando-se. A rotina maçante do dia a dia, as atividades sempre pré-definidas, a falta do novo, tudo isso pode gerar desânimo, baixo rendimento e principalmente, a falta de motivação para continuar.

É nessas horas que precisamos de uma “forcinha” para sair da zona de conforto, e procurar novas possibilidades de ir além.

O Coaching é um ótimo apoio para quem deseja alavancar sua carreira profissional, pois é, um poderoso método de desenvolvimento humano que trabalha aspectos comportamentais para alcançar resultados desejados de maneira rápida e eficaz.

Por meio do Coaching é possível identificar pontos fortes, aprimorar e desenvolver novas competências, alcançando assim, resultados cada vez mais satisfatórios. Além disso, você consegue visualizar, de maneira clara, os pontos de melhoria para trabalhar positivamente em cada um deles.

Com o Coaching você terá crenças e valores bem definidos e será conduzido a traçar estratégias e planos de ação para alcançar o que deseja em pouco tempo. Você ainda desenvolve habilidades como comunicação, inteligência, controle emocional, melhoria nos relacionamentos, aprimoramento de competências, visão sistêmica, eliminação de crenças limitantes e etc.

E o melhor, todos esses benefícios podem se propagar não só em sua vida profissional, como também em todas as outras áreas trazendo gozo e realização pessoal.

O Coaching pode ser seu maior aliado na condução de sua carreira profissional!

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Coaching , a arte de fazer acontecer


Jamais, na história da humanidade, o ser humano foi tão testado e posto à prova. E em plena era de globalização e da informatização só terá espaço todo àquele que souber, exatamente, o que deseja alcançar e usar toda a sua inteligência e inovação para desvendar novos caminhos.
Poderia citar uma dezena de exemplos de pessoas que fizeram historia, pois cada época é marcada por grandes nomes que passam para a eternidade por suas obras, atos e pensamentos. Mas a história do mundo não é construída simplesmente por grandes nomes, de homens e mulheres que se tornaram célebres por sua genialidade ou originalidade.
Ao contrario do que imaginamos a história na maioria das vezes é feita de Marias, Paulos, Lourdes, Antonios, Lauras, Josés e por aí vai. Gente que os livros não citam, mas que estavam presentes, vivendo, criando, modificando aos poucos as coisas ao seu redor, fazendo a diferença.
Lembre-se de que eu e você, quando nos levantamos todos os dias para a batalha diária, estamos participando, escrevendo e reescrevendo a história.
A vida é uma jornada rumo ao objetivo que cada um de nós estabelece para si mesmo, seja pessoal ou profissional, mas eu lhe pergunto você tem seu objetivo estabelecido? Sabe que estratégia utilizar para atingi-lo?
A maioria das pessoas não consegue responder estas perguntas adequadamente e não se sinta culpado por ser uma delas, o importante é você ter consciência disso e a partir de agora mudar de atitude e tomar as rédeas do seu destino.
Não conheço ninguém que levanta de manhã cedo e diz pra si mesmo: “Hoje vou fazer tudo errado”, isso não existe, todo mundo acorda com sede de vencer quem erra o faz por puro desconhecimento.
Existem muitas ferramentas e processos para auxiliar as pessoas em seu desenvolvimento pessoal e profissional, mas não conheço nenhuma mais poderosa do que o Coaching.
O Coaching é um processo de desenvolvimento pessoal e profissional, altamente eficaz, que equipa as pessoas com as ferramentas, o conhecimento e as oportunidades de que precisam para se desenvolver e se tornar mais efetivas e eficazes. Sua metodologia é testada e aprovada por diversas instituições internacionais que comprovam e evidenciam o sucesso e os benefícios gerados por sua prática.
Apesar de o termo Coaching estar sendo vulgarmente mal utilizado no mercado por pessoas oportunistas, o processo em si é fantástico.
No Coaching não existe intervenção direta ou indireta, apenas uma parceria entre o Coach (profissional habilitado) e o cliente (Coachee) que quer mudar alguma coisa em sua vida ou profissão, e juntos estabelecem um objetivo a ser atingido de tal forma que no final do processo os resultados sejam atingidos ou pelo menos estejam encaminhados para tal.
Por se tratar de um processo onde o grande responsável pela mudança é o próprio cliente (coachee), este se torna essencialmente o centro das atenções, já que somente ele possui todas as respostas.
Por isso Coach tem que essencialmente gostar de gente e ser humilde o suficiente para não se sentir incomodado ou constrangido em ser um apoio para o sucesso de seu cliente, alem disso deve correr em suas veias a necessidade do aprendizado continuo.
Um processo de coaching somente é bem sucedido se o coachee atingir seu objetivo para isso deve existir uma grande confiança entre ambas as partes e o coachee realmente ser receptível às mudanças e ao aprendizado.
Acredito que todas as pessoas buscam o reconhecimento e o sucesso, o que muitas das vezes lhes falta é a coragem necessária para trilhar o caminho que as leva a alcançar seus sonhos.
Você já pensou em potencializar suas chances através da formação em coaching, seja para uso pessoal informal com a família e amigos ou profissionalmente para melhorar seus resultados ou até como uma 2ª carreira?
Que tipo de pessoa você têm de se TORNAR para viver a vida dos seus sonhos?
Você pode fazer a diferença em sua vida e na dos outros.
Enfim, Coaching é fazer acontecer já que os indivíduos que participam do processo de Coaching têm uma nova perspectiva dos desafios e oportunidades profissionais, habilidades aprimoradas de pensamento e de tomada de decisão, e maior confiança ao executar o trabalho escolhido.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Motivação : O grande desafio



Uma tendência mundial, nos dias de hoje é a busca pela valorização do fator humano nas empresas e no mercado de trabalho. A exigência está na capacidade de lidar e enfrentar as adversidades da vida.

A natureza do ser humano é muito complexa, talvez por este motivo, seja apaixonante. Ao mergulharmos nesta complexidade, constatamos a diferença entre vencedores e vencidos, campeões e perdedores, felizes e infelizes.

Uma das causas para crises e quedas de faturamento inesperadas, nas empresas, pode estar na falta de MOTIVAÇÃO dos funcionários e até mesmo dos próprios empresários.

Muitas vezes perguntamos, mas afinal, o que motiva o ser humano?

A motivação é um processo individual e fruto do nosso crescimento pessoal. A nossa evolução nos impulsiona para o desejo de possibilidades maiores, em que nada é trivial e tudo é útil para um significativo crescimento. A receita para grandes resultados está justamente nas pequenas coisas, dependendo, é claro, do foco que olharmos, do nosso grau de dedicação, esforço e da qualidade das nossas ações. Entender o processo de motivação humana, auxiliará na abertura de novos espaços, novas ferramentas para grandes descobertas, aprendizagens para viver melhor e vencer de uma forma que alguns seres humanos ainda não conhecem.

Sabe-se que a motivação do alpinista não está na conquista da montanha, e sim, na conquista dele mesmo.

Cada pessoa se motiva de uma forma diferente, mas algumas premissas e características se igualam. A grande maioria das pessoas se motiva com a possibilidade de ver os seus sonhos realizados. Esses sonhos vêm moldados das mais diversas formas. Podem estar em palavras ou gestos, no reconhecimento de um trabalho bem feito, num elogio, na possibilidade de crescimento, numa palavra de compreensão e carinho, na importância da equipe, entre outros.

A motivação é um ato de simplicidade e cumplicidade com o ser humano, e passa por uma ruptura de paradigmas. É importante que passemos a olhar as pessoas que trabalham na nossa equipe com olhos atentos, com uma visão diferente, preocupados com as suas particularidades. A empresa é um todo, formada pelo somatório individual de idéias, sentimentos, sonhos, angústias, expectativas e realizações. É na harmonia dessas emoções que o verdadeiro maestro conseguirá a sinfonia perfeita.

Por essas razões, o maior investimento de uma empresa deve estar nas pessoas, pois é nelas que está o poder da decisão em fazer ou não fazer, em fazer tudo ou só uma parte, em fazer correto ou mais ou menos, em fazer agora ou depois.... Como gestores de empresas, devemos, obrigatoriamente, saber que estamos num novo tempo, um tempo de competências definindo sobrevivência e que a imagem de uma empresa está em sua equipe funcional.

O desafio é:

O quanto somos capazes de reconhecer as necessidades individuais;

O quanto somos capazes de aperfeiçoar nossos conhecimentos em função de relações mais produtivas;

O quanto podemos motivar nossas equipes para resultados mais satisfatórios;

O quanto podemos nos automotivar diante de insistentes questionamentos;

Enfim, o quanto somos capazes de enfrentar o maior desafio:

A Motivação!

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Invista em seus talentos


Seja franco consigo: você se acha uma pessoa talentosa? E os outros, reconhecem os seus talentos? É interessante que, ao gerar esta reflexão nos treinamentos e trabalhos de coaching, é nítido o desconforto nas pessoas. São poucos aqueles que assertivamente reconhecem ser detentores de talentos. Sendo assim, convido você a dedicar alguns preciosos minutos de reflexão sobre a pessoa mais importante em sua Vida: você!

O reconhecimento e investimento no talento são fundamentais para a satisfação de Vida, uma vez que orientam o equilíbrio das vivências pessoais e profissionais. Mas, afinal, o que é talento? É tudo aquilo que você faz bem, se sentindo bem, e os outros percebem que você se destaca em relação às outras pessoas. Diferente de uma competência, que é um conjunto de conhecimentos, atitudes e habilidades que podem ser desenvolvidos por qualquer ser humano, o talento tem origem em uma aptidão inata, geralmente aquela “travessura” que você fazia quando era criança, e que muitas vezes ficou adormecida.

Entretanto, se convertermos nossas aptidões em competências, aí sim teremos desenvolvido os nossos talentos. Sendo assim, seriam todas as pessoas talentosas? Sim e não! Digamos que todos têm um talento iminente, que são as próprias aptidões. Estas, ao serem desenvolvidas como competências, estabelecem a forma correta de comunicação com o mundo, criando uma rede harmônica que reconhece este talento. Parabéns! Você conquistou então seu talento eminente.

Mas e agora, como fazer para descobrir os talentos potenciais guardados dentro de nós? O processo envolve um exercício de auto-análise, recorrendo ao que gostávamos de brincar quando crianças, o que as pessoas reconhecem de positivo em nós em termos de desempenho, o que fazemos com muito prazer, sem sentir o tempo passar, e aprendendo mais rápido que as outras pessoas.

Desenvolver os seus talentos já não é mais um luxo, é uma necessidade. A ascensão da economia do conhecimento e a escassez de gente qualificada têm exigido que as empresas fiquem cada vez mais atentas ao tema. Com um aumento da produção superior ao crescimento da população economicamente ativa, será necessário um aumento de produtividade que somente será alcançado por pessoas talentosas. Resultados surpreendentes só são obtidos por pessoas com competências surpreendentes.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

A quem se destina?


Nos negócios Ao executivo que queira esclarecer suas metas, valores e a visão da sua empresa, ou tem de tomar decisões difíceis e quer discuti-la com um profissional capacitado. A profissionais fundamentais na empresa que precisam de ajuda pra tirar o máximo do seu talento nos negócios e aprimorar a sua capacidade de liderança. A gerentes que precisam melhorar sua comunicação e suas técnicas de gestão. A gerentes importantes que tem problemas com sua equipe ou com outros gerentes. A equipes de gestão que precisam desenvolver competências e ter um melhor desempenho. A equipes que tenham problemas no seu trabalho e no que diz respeito à definição e enfoque de metas e colocar em prática um plano de ação. A organizações que estão em fase de transição. Complementar treinamentos que não foram suficientemente eficazes, para o qual os participantes precisam de apoio contínuo no seu trabalho. Empreendedores que pretendem abrir uma empresa. Na vida pessoal: Àquelas pessoas que têm dificuldades nos seus relacionamentos. A pessoas que querem ganhar mais financeiramente. Àqueles que estão insatisfeitos com sua vida e não sabem o por quê. Àquela sensação de que tudo está bem, mas podia estar melhor. Àqueles que buscam desafios, e querem sugestões para suas carreiras. Àqueles que querem desenvolver suas habilidades de comunicação. A pessoas que querem desenvolver suas competências rapidamente. Àqueles que sentem que estão perdidos e querem dar um rumo para sua vida. A pessoas que estão em fases de transição. 

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Quais são os benefícios do Coaching?


“Nosso principal objetivo é encontrar alguém que nos motive a fazer tudo que somos capazes". 

Para um indivíduo:
Maior controle sobre a sua vida.
Os objetivos de vida ficarão mais claros e, uma vez eliminados os obstáculos, terá mais energia para alcançá-los.
Viverá em harmonia com seus valores.
Sua vida se tornará mais feliz e satisfatória.
Profissionalmente será mais eficiente e capacitado e terá melhores resultados.

Para uma organização:
É uma das ferramentas modernas de melhor custo-benefício dado os resultados alcançados.
Transformar organizações de centros de lucros para centros de pessoas que geram lucros.
É um investimento que produz um alto desempenho nos negócios.

O coaching mantém colaboradores importantes e evita o custo de retreinamento e a perda de informações confidenciais para a concorrência.
É a maneira mais eficaz de desenvolver competências para obter um melhor desempenho dos profissionais cruciais e das equipes de trabalho.
É uma prova do compromisso de uma empresa com o desenvolvimento de seu pessoal e contribui para uma cultura organizacional de apoio com alto moral, retendo talentos.
Melhora significativa no trabalho em equipe.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Quem precisa de coaching?


O Coaching é um processo focado em liberar o potencial e maximizar a  performance dos indivíduos na vida pessoal e profissional. O coaching tem se tornado aplicável a todas as áreas, nos negócios e em todos os aspectos da vida. Atualmente é bastante comum que alguém procure um coach para ajudá-lo a atingir suas metas na vida e no trabalho. Mas, quem precisa de um coaching? A ferramenta ajuda na definição de prioridades, além de auxiliar na identificação de ações que aumentem o nível de satisfação das pessoas com todas as áreas da vida. Este profissional, no entanto, tem um papel mais abrangente que simplesmente orientar empresários, executivos e atletas profissionais: ele pode mudar o rumo profissional das pessoas e despertar qualidades até então desconhecidas ajuda uma pessoa a mudar da maneira que deseja, assim como ajuda a seguir a direção desejada. O coach não precisa ser um especialista na área de atuação de seu cliente. O coaching cria consciência, potencializa a escolha e leva à mudanças duradouras. O coach é o profissional especializado no processo de levar o cliente a refletir, chegar a conclusões, definir ações e, principalmente, agir em direção a seus objetivos, metas e desejos, criando uma avenida sinergética de resultados mais satisfatórios em sua vida e trabalho. Para saber se você precisa de um coach, pergunte-se:

1 – Está em conflito sobre alguma área de sua vida?
2 – Você acha que tem muito mais potencial para oferecer e não sabe por onde começar? 
3 – Em sua empresa, sua equipe não consegue atingir o nível máximo de produtividade apesar dos recursos colocados à disposição e você não sabe o por quê?
4 – Sua empresa exige de você um desempenho que está enfrentando dificuldade para cumprir?
5 – Você está desmotivado com seu atual nível de satisfação profissional e deseja saber o que pode estar acontecendo? 
6 – Você acha que pode ser mais criativo, intuitivo, mas seus resultados estão abaixo de suas expectativas? 
7 – Você é um líder, mas tem dificuldades de extrair o máximo de resultados de sua função e de sua equipe? 
8 – É bem-sucedido profissionalmente, mas tem insucessos nos estudos ou vice-versa? Tem uma vida financeira tranquila, mas tem problemas de satisfação com sua vida profissional e não sabe o que fazer? 
9 – Deseja alcançar resultados excepcionais no trabalho e na vida pessoal, mas sente que “alguma coisa” trava seu desempenho?  
10 – Você deseja compreender porque sempre tem muitos objetivos, mas desiste no caminho, antes de alcançar o que desejava? 
11 – Não sabe se quer ser empreendedor, ou se deseja ser empregado, ou tem dúvidas quanto ao seu verdadeiro perfil profissional? 
12 – Deseja mudar de profissão ou realizar uma mudança de emprego e não sabe como fazê-lo, pois está inseguro se está fazendo a coisa certa?

Se alguma das respostas às perguntas acima for positiva, esta é uma excelente oportunidade para agendar uma visita e saber mais informações a respeito do coaching. 

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

NO FUTURO TODO LÍDER SERÁ COACH!


No futuro todos os líderes serão Coaches. Quem não desenvolver essa habilidade, automaticamente será descartado pelo mercado.” Jack Welch, o CEO mais Admirado do Mundo!

A frase de Jack Welch pode ser utopia para muitos, mas é o que se desenha para o futuro, com o crescimento do COACHING em vários países no mundo, nas milhares de empresas que estão inserindo o Processo em suas políticas de desenvolvimento de liderança em seus quadros de colaboradores.

Segundo pesquisa, o Coaching está presente nos maiores níveis da organização. Sendo que 43% dos “CEOs” e 71% do grupo de executivos seniors de categoria superior relataram que tiveram experiência com Coaching. 63% das organizações contatadas disseram planejar desenvolver o uso do Coaching nos próximos 5 anos. O mais revelador, é que 92% dos lideres que fizeram Coaching disseram que planejam fazê-lo de novo. Todos os indicadores fornecem uma forte recomendação do Coaching.

E segundo a Revista Fortune Maganize, os resultados de uma pesquisa sobre COACHING, com as 100 maiores Companhias nos EUA, os entrevistados eram executivos de grandes empresas que participaram de um programa de “melhoria” e “crescimento” orientados por Coaching de 6 a 12 meses. A pesquisa constatou que os participantes avaliaram o retorno sobre o investimento do Coaching em seis vezes o custo pago pelas suas companhias. Então $ 18 mil investidos em um programa de Coaching Executivo geram um valor aproximado de $ 108 mil.

E a Folha de São Paulo divulgou recentemente uma matéria com a manchete: “Coaching melhora a performance de Executivos”. O texto diz que todos os Executivos que passaram por Coaching, melhoraram 90% sua produtividade, 80% se mostraram mais abertos para mudanças organizacionais e 70% deles conseguiram melhorar o ambiente e relacionamento de trabalho.

Outros dados importantes:

Nos EUA, mais de 40% dos executivos já passaram pelo processo de Coaching. O método é tão difundido que muitas empresas oferecem o serviço de Coach como benefício do cargo.
Mais de 40 mil executivos possuem Coaches nos Estados Unidos.
A demanda nos EUA é tão alta que o Coach cobra até 2 mil dolares).
O mercado de Coaching geral cresceu mais de 25% nos últimos 3 anos, movimentando mais de 2,5 bilhões de dólares.
88% das empresas do Reino Unido utilizam ou já utilizaram os serviçõs de um Coach.
Mais de 70% das empresas australianas já se beneficiaram da metodologia de Coaching.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Entenda a importância do coaching e veja cinco atitudes valiosas para traçar metas



O coaching é um termo muito difundido nos últimos anos. Essa ferramenta ajuda na capacitação de profissionais de variados segmentos e níveis, que buscam alinhar estratégias e crescer em determinada área, profissão, ou, mesmo, conquistar mercado.

Antes das empresas ou profissionais fazerem uso desta técnica é preciso saber exatamente quais são os objetivos da organização ou do profissional em questão. O papel do coach é de facilitador na busca pela realização das mudanças necessárias. Potencializando suas escolhas e contribuindo para melhorar o desempenho diante de determinadas situações.

As empresas que utilizaram (ou ainda utilizam) o coaching profissional por motivos comerciais obtiveram um retorno médio sobre o investimento sete vezes maior. Já nos casos dos clientes individuais, o retorno médio foi de 3,44 sobre o investimento.

Para cada objetivo o coachee (cliente) é estimulado a traçar uma linha estratégica. No caso de um profissional almejar desenvolver certas habilidades, aperfeiçoar sua carreira em determinados aspectos ou buscar uma nova colocação profissional em sua área de atuação, é possível chegar a um resultado de metas em poucas sessões.

Cinco importantes dicas àqueles que necessitam mudar alguma característica profissional, ou, mesmo, pessoal:

Estabelecer metas é essencial: parte dos fracassos na realização do coaching ocorre pela falta de escrever as metas e as datas que as mesmas devem ser alcançadas;

Não deixe seu passado interferir nesta nova fase: como em diversas fases da vida, a 'sombra do que passou' pode interferir nas conclusões de algumas tarefas. Esqueça a zona de conforto;

Como o maior beneficiário do processo será você, a responsabilidade é sua: muitos desejam ter sucesso na vida profissional e particular, porém, se por alguma razão a realização não for por completa, justificará que fatores externos o impediram. Isso é errado;

Planeje os resultados esperados para o período escolhido: todos os dias visualize seu objetivo principal. Se o processo for longo, estabeleça etapas para serem cumpridas;

Nunca pare de aprender: conhecimento aplicado à prática no dia a dia é fator crítico de sucesso para qualquer área ou objetivo. Ouse tentar acertar e errar. Lembre-se que existem diversos caminhos para chegar a determinado resultado, no coaching você é responsável por descobrir a rota mais apropriada. 


segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Serviço de coach no Brasil é um dos melhores do mundo



Uma recente pesquisa revela que o Brasil é um dos países que mais se destacam em coach no mundo. De acordo com o levantamento divulgado enquanto 55% dos profissionais do globo acreditam que a realização de coach por seu chefe é realmente eficiente na melhora de desempenho dos colaboradores. Mo Brasil este índice é de 77%.
Já quando questionados sobre a periodicidade deste coaching, a maioria dos empresários brasileiros 70% relata que o mesmo costuma ser realizado por seus gestores ao menos uma vez por mês, enquanto 32% fazem o treinamento semanalmente e outros 14% diariamente.
No mundo, os que afirmam não receber coaching de carreira dos gestores correspondem a 29% dos consultados.
Já que os que têm essa oportunidade ao menos uma vez noano correspondem a 20%. Em nações como Japão, Holanda e Alemanha, mais de um terço registra que não acontece nunca. Tal resultado mostra a dependência e correlação de forças entre os profissionais e os chefes no Brasil.

Dependências

A pesquisa aponta ainda que se por um lado  Brasil se destaca pela eficiência deste serviço, por outro não fica atrás quando o assunto é a dependência. De acordo com o levantamento enquanto a média global dos países dependentes desse serviço está estimada em 78% no Brasil a mesma é de 94%.
Ocupam ainda posições de destaque Singapura e Hong Kong, com 95% e 88% das menções dos entrevistados.

Motivação

No que diz respeito à motivação dos contratados, o levantamento revela que o coach de carreira traz impactos positivos para 88% dos profissionais brasileiros e 84% para os de Singapura. Os que sentem menos beneficiados com o serviço, no entanto, são os colaboradores da Holanda 47% e da França 52%.

" A importância de um coach de carreira não serve penas para manter os colaboradores motivados, mas também para melhorar a produtividade. Como as áreas de uma empresa estão cada vez mais incumbidas de fazer mais com menos, o aumento da produtividade com base em coach de carreira efetivo deve ser uma opção fundamental para as empresas".