sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Janaína Jacobina é a nova adepta do coaching!

Conquistando cada vez mais adeptos, a metodologia do coaching, que serve tanto para a vida pessoal quanto para a profissional, pode ser utilizada em inúmeros momentos da nossa jornada e é um grande auxílio para toda e qualquer pessoa, afinal, ele serve para ajudar na conquista de objetivos, a focar no que é importante para a pessoa, a encontrar caminhos dentro de si mesmo, no autoconhecimento, no desenvolvimento de habilidades, etc.

A repórter e apresentadora conta com o auxílio do
 coaching para alcançar e focar em seus objetivos.

Dentre seus novos adeptos está a repórter e apresentadora Janaína Jacobina, que descobriu os encantos e mudanças que o coaching traz para a vida de todos. Sendo auxiliada por Madalena Feliciano, diretora do Instituto Profissional de Coaching, Janaína já se inscreveu para participar do próximo curso oferecido pela instituição – e se mostra bastante animada com isso. “Descobri que através do processo de coaching posso abreviar o tempo em relação as minhas conquistas sociais, portanto, com o auxílio de um Coach Profissional, vou direto ao foco com assertividade, diz Janaína.


Prova da importância que essa metodologia vem alcançando é o fato de o coaching estar presente em 88% das organizações no Reino Unido e em 70% das empresas australianas, segundo a Bristol University. No Brasil, 92% dos líderes que atuaram com essas técnicas planejam recontratar ou continuar o trabalho.

Ajudando a identificar e trabalhar o potencial que o ser humano possui, o coaching é mais do que o compromisso com os resultados, ele transforma intenções e desejos em ações consistentes e constantes. “Em termos gerais, várias pessoas recorrem aos profissionais para conseguir direção e equilíbrio. Existe uma enorme parcela de pessoas que estão vivendo com qualidade, porém, esperam mais da vida e não sabem o que fazer e nem como começar para conseguir melhorar: e um coach as auxilia a terem uma vida com maior qualidade e obtenção de resultados”, resume Madalena.

Para aqueles que buscam o equilíbrio entre os âmbitos pessoais e profissionais – como a Janaína Jacobina, por exemplo, – podem contar com o auxílio do coaching para conquistarem seus objetivos.

 O próximo curso oferecido por Madalena, que contará com a presença de Janaína Jacobina, acontece durante os dias 07, 08, 09 de novembro e 05, 06 e 07 de dezembro. Com um conteúdo amplo, bom custo benefício, trainers master coaches , ensinamentos teóricos e práticos, o curso terá 72 horas de duração distribuídas em seis dias: 24 horas práticas supervisionadas e dois módulos de três dias cada: das 8:00 da manhã às 20:00 da noite.


Fonte:BORIMBORA

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Aprendendo a se posicionar no mercado. Você está onde queria?

Seu posicionamento é algo muito pessoal e define quem você é no mercado. Tome sua posição. 


Posicionamento é um conceito muito usado em marketing e significa, resumidamente, o lugar em que você está ou quer estar no mercado. Ter o seu posicionamento definido é de extrema importância, afinal, é isso que decidirá a forma como você será reconhecido no mercado de trabalho – tanto pelos seus clientes quanto pelos seus concorrentes, - assim como a visão que a mídia e os jornalistas terão de você e retratarão o seu trabalho.
Madalena Feliciano, diretora de projetos da Outliers Careers, comenta que marketing significa promover, divulgar e vender um produto ou serviço e, acima de tudo, construir uma marca. E é isso o que você fará com a sua carreira ao se posicionar no mercado: promoverá sua marca, saberá seus objetivos, como se portar frente a dificuldades, etc.
“Infelizmente, vejo que muitos bons profissionais se perdem na carreira porque não têm um posicionamento definido. Atiram para todos os lados e não conseguem concentrar sua energia no que realmente lhes interessa”, comenta a especialista. A partir do momento em que você tem um bom posicionamento, você é reconhecido no mercado e tem maiores chances de se tornar uma referência no assunto.
Mas, como definir um posicionamento? Para isso, é preciso atenção, vontade e dedicação para elementos diversos. “Para um bom posicionamento você precisará fazer um montante de escolhas pessoas e profissionais, exteriorizá-las e torná-las palpáveis e concretas. As características de uma empresa bem posicionada já estão dentro do próprio gestor, por isso, antes de tudo, você precisa se concentrar nas suas características pessoais, por exemplo, qual a sua missão de vida? Quais são seus desejos? Qual a razão de fazer o que você faz? Quais problemas você gosta – e deseja – resolver?”, explica Madalena.
A especialista ressalta que o profissional tem que respeitar o que lhe dá prazer e buscar fazer aquilo que lhe traz felicidade. “Você tem algum talento ou dom? Respeite-o e use-o a seu favor. Aquilo que se faz respeitando o dom pessoal tem melhores resultados, dá maior satisfação e menos desgaste - afinal, você tem aptidão para isso”, comenta.
Respeite e relembre tudo o que aprendeu com suas experiências profissionais e use as lições aprendidas. “Ter foco, ser pontual, buscar resultados, respeitar o tempo de trabalho, etc. Cada emprego oferece uma série de deveres e obrigações a serem cumpridos, - e eles sempre irão te ensinar algo”, ressalta.
Para ser diferenciado no mercado, repense quais são as suas virtudes, valores e principais características. “São essas qualidades que irão distinguir sua atuação no mercado ou sua marca. Suas virtudes são aqueles pontos chaves que farão você ser reconhecido”, diz Madalena. O sucesso é um equilíbrio entre suas principais características e aquilo que falta no mercado e, a partir do momento em que você harmoniza o que tem dentro de si com o que falta no mercado, você tem mais chances de obter sucesso, sentir-se realizado com sua profissão e terá o reconhecimento do público – que também saberá qual é o seu posicionamento.
Outliers Careers
Madalena Feliciano
Diretora Geral
(11) 2737-1685
Rua Professor Aprígio Gonzaga, 78, Térreo,  São Paulo - SP.
madalena@outlierscareers.com.br
www.outlierscareers.com.br
Fonte:BBC NEWS

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Como pensar em ser o dono da empresa sem parecer arrogante?

Sua empresa permite que você aja como empreendedor?


Você, como funcionário, já teve ter escutado alguém lhe falar que “é preciso pensar ou agir como se você fosse o dono da empresa”. Mas como fazer isso sem parecer arrogância da sua parte, e sim apenas comprometimento com o emprego? Madalena Feliciano, diretora de projetos da Outliers Careers, explica as melhores maneiras de pensar como o dono – e os benefícios que isso pode lhe trazer.

“Normalmente, ao dizerem que você precisa pensar como o dono, as pessoas estão se referindo a maneira com a qual você se preocupa com a empresa. Em tese, quando você pensa como o proprietário, suas preocupações, comprometimento e resultados aumentam – assim como o conhecimento sobre o local de trabalho e clientes”, resume a especialista.

Porém, será que os trabalhadores conseguem pensar na empresa em que trabalham como se fossem donos dela, em vez de meros empregados? O mundo atual prova que sim – prova disso são as instituições mais bem sucedidas do mundo procurarem por profissionais que pensem ‘fora da caixinha’. “Independente do cargo, os trabalhadores devem encarar qualquer desafio como se fossem os empresários responsáveis pelo setor, pensando como melhorar processos e economizar recursos dentro de sua área”, comenta Madalena.

Como você acha que os líderes chegaram onde estão? Muitos deles possuem essa característica em comum: a de agirem como empreendedores e estarem dispostos a errar. “O fundamental para o profissional atual é ter uma atitude empreendedora, independente do seu emprego e cargo. Quem não arrisca, não petisca”, lembra Madalena.

Quem empreende corre maiores riscos. É difícil acertar desde o começo – e os possíveis erros significam tempo e dinheiro que foram “jogados fora” na visão de muitas pessoas. Por isso, se você trabalha em uma empresa, garanta que ela apóie o seu empreendimento e possíveis falhas. Apresente bem as suas ideias e diga o que você espera alcançar com seu novo plano. “Praticamente todos os chefes gostam de ouvir novas ideias para sua empresa. Apresente-as formalmente, marcando uma reunião e estando disposto para possíveis críticas. Se não conseguir o apoio da primeira vez, não desista. Melhore o que foi pedido e peça opiniões para pessoas diferentes”, sugere a coach.

Em geral, os jovens dessa nova geração buscam ser empreendedores, as empresas, por outro lado, buscam reter os seus melhores e jovens talentos. Portanto, quando se é um bom profissional, ter o apoio da empresa é algo mais fácil para apostar em novidades. “Faça tudo bem feito e planejado. Essas preocupações antecipadas podem lhe dar uma imensa vantagem, afinal de contas, a liderança e o empreendimento são a arte de fazer as coisas simples – mas muito bem feitas”, conclui Madalena.


sexta-feira, 5 de setembro de 2014

O futuro está aí. Como se preparar para o mercado de trabalho?

É impossível prever o futuro, sabemos disso, mas isso não significa que não é possível interpretá-lo de acordo com os acontecimentos do nosso dia-a-dia. O mundo está passando constantemente por modificações que interferem direta ou indiretamente na vida da sociedade e, para aproveitar essas mudanças do melhor jeito, é preciso pensar de forma visionária, tentando enxergar a forma a qual o mercado estará em daqui dez anos.

“A primeira vista esse período parece longo, porém, só parece. As tecnologias de informação e comunicação trouxeram grande mobilidade e velocidade, fazendo com que o tempo diário pareça ter sido encolhido: uma década passa em um piscar de olhos”, comenta Madalena Feliciano, diretora de projetos da Outliers Careers. 

Em 2020, por exemplo, o cenário do mercado de trabalho no Brasil e no mundo será outro, e é importante estar preparado desde já para o que vem por aí, - ou você corre o risco de ficar para trás. Devido a isso, Madalena fala sobre algumas atitudes que podem ser tomadas para acompanhar o mercado – e, por que não, lançar tendência?

“A principal dica que eu ofereço é: saiba o que você quer da vida – e, para isso, pratique o seu autoconhecimento. Como fazer isso? Tomando as rédeas da sua carreira, exercitando a curiosidade, acompanhando as tendências e tentando se antecipar a elas. Esteja sempre antenado, atualizado e ativo no mercado. Isso é um bom início”, sugere Madalena.
Como estará o mercado daqui 10 anos? Que qualidades, competências e habilidades preciso desenvolver? Não são perguntas de respostas fáceis, mas, com estudo e atenção elas podem ser mais bem compreendidas. “Existem sim áreas que obterão maior investimento nos próximos anos, mas isso não significa que se você não se enquadra nelas, não possa fazer algo novo. O mundo está sempre pronto para novas boas ideias”, comenta.
Porém, para manter-se sempre atualizado, fazer alguns cursos – como de línguas, por exemplo – é extremamente importante. “Independente da área de atuação, o mundo está cada vez mais globalizado. Isso significa que as barreiras entre os povos diminuíram muito, - mas as línguas diferentes continuam existindo. Quando você sabe se comunicar em outras línguas, você tem um grande ponto a seu favor”, ressalta.
Outra sugestão que Madalena oferece é personalizar o trabalho, e, ao mesmo tempo, ampliar o seu foco, ou seja, adquirir conhecimento das mais variadas áreas. “Não é porque você é especialista em algo que deve fechar a cabeça para novas áreas de conhecimento”, diz. Também é importante não se acomodar e estar sempre pronto para lidar com outras culturas – essa é uma característica importante do futuro, afinal, estamos falando de um mercado globalizado.
Para aqueles que não sabem qual carreira seguir, Madalena dá algumas dicas daquelas que dão indícios que serão promissoras nos próximos anos. “Existem carreiras promissoras das mais variadas áreas. Entendo que as profissões que envolvem o meio ambiente e sustentabilidade, a tecnologia e virtualização, a qualidade de vida, a medicina,  a globalização – como administração de empresas ou relações internacionais, por exemplo, - são boas opções a se seguir”, opina a especialita.
Outliers Careers
Madalena Feliciano

Diretora Geral
(11) 2737-1685
Rua Professor Aprígio Gonzaga, 78, Térreo São Paulo - SP.
madalena@outlierscareers.com.br
www.outlierscareers.com.br
Fonte: BBC NEWS